APARTAMENTO IT

APARTAMENTO IT

Tipo: Projeto de Arquitetura de Interiores
Ano: 2016
Equipe: Arq. Marta Kessler, Arq. Paula Arnold
Localização: Porto Alegre, Brasil
Área: 69 m²
Status: Obra Concluída

Projetar o lar de um casal de chefs de muita personalidade é um prazeroso desafio. Foi assim que o Maxma recebeu o trabalho e começou a história do apartamento IT. Um compacto imóvel de 2 quartos, mas que deveria receber com conforto todas as funções que o espaço de quem ama e trabalha com gastronomia precisa ter: cozinha prática, iluminação eficiente e, claro, uma mesa generosa para recepcionar seus sortudos convidados.

O ponto de partida foi reorganizar a planta baixa. A mureta que dividia a cozinha da sala foi eliminada, e o espaço ganhou em amplitude. No lugar daquela, posicionou-se de maneira central – o que não poderia ser diferente – a mesa de refeições. De madeira nobre, foi um dos únicos móveis trazidos pelos clientes do antigo endereço. Ela representa a interface entre a cozinha e a área de estar, e tem sua importância evidenciada pela marcenaria anexa e pelo desenho do forro, que delimita seu perímetro e do qual desce um par de pendentes industriais.

O preto foi eleito como base para toda a marcenaria sob medida da área social, para então receber o colorido em objetos, muitos livros e alguns móveis, a exemplo do antigo armário, hoje turquesa, que originalmente continha uma eletrola. A cozinha, seguindo o mesmo padrão, organiza e uniformiza as áreas de armazenagem e abriga todos os equipamentos, além de mimetizar a churrasqueira, cuja tampa tem o mesmo acabamento da parede.

O banheiro social, que atende a toda essa área, acompanha a mesma linguagem, com tons de cinza, materiais brutos e poucos elementos.

A área íntima representa um contraponto à social: é branca – tanto nas cores base de paredes e esquadrias quanto na marcenaria, cabendo aos objetos e alguns móveis a tarefa de levar outros tons ao ambiente. A opção foi de integrar os dois dormitórios, formando uma única e ampla suíte, unificada por uma longa cabeceira que percorre todo o comprimento do espaço. De um lado, closet com espaçosos armários; de outro, área de dormir, atendida também por um móvel multifuncional que comporta tv, sapateira e porta de acesso ao banheiro. Este último, da mesma forma, é branco em sua totalidade, com revestimentos, tampo, louças e utilitários dentro do mesmo princípio, e com o mínimo de informação visual.

Fica bastante evidente a transição de uma zona à outra no apartamento, e era justamente essa a intenção. O preto e o branco contrastam, divergem, mas principalmente comprovam e valorizam um ao outro. Cheia de referências a gastronomia, bom humor e associada à linguagem contemporânea que deu origem aos espaços, a ambientação final costura a identidade do projeto.